Fellowship of Questions

Como podemos gerar uma consciencialização dos interesses que partilhamos, se sentimos que não temos nada em comum uns com os outros? Este projeto tem como objetivo criar um espaço público online constituído simplesmente por perguntas. É uma ferramenta que pode ser usada para encorajar o pensamento crítico e questionar as nossas “verdades” pessoais.

Nós tornamo-nos ilhas de certezas, afastando-nos umas das outras fisicamente – devido a crise pandêmica covid-19 – mas também mentalmente por causa de toda a manipulação feita dos factos pelos media na nossa sociedade.

Nós estamos mais do que nunca, num momento de criar algo perigoso que construa barreiras entre nós e os outros, virtuais ou reais.

Temos a tendência de criar bolhas de certeza e crenças que se auto-reforçam. Isto é o que The Fellowship of Questions espera contrariar. Estamos a construir um espaço que celebra o poder e o efeito libertador de fazer uma pergunta quando não temos ideia da resposta.

Um espaço que vai além da estrutura binária de perguntas e respostas e um lugar onde a complexidade é mais valorizada do que temida. O projeto utiliza os pontos fortes das nossas organizações estabelecidas nas comunidades locais, por meio de workshops nos cinco países, incluindo grupos de pessoas de diferentes idades, gêneros, orientações sexuais, visões políticas e compreensão da situação atual. Será que podemos questionar nossos inimigos? Podemos construir sobre desacordo? Vamos testar o conceito de iniciar discussões através de perguntas em cada um dos nossos países – Reino Unido, Sérvia, Roménia, Alemanha e Portugal – e documentar os resultados. A partir dessas experiências, será desenvolvida a parte online do projeto, adaptando as melhores práticas num site acessível a todos, onde as pessoas se podem conectar, criar uma conta e iniciar ou dar continuidade às discussões exclusivamente por meio de perguntas. Compartilharemos nossas experiências, tanto em tecnologia quanto em conteúdo, para que outras ONGs e / ou iniciativas as implementem, testem e aprimorem. O site e a metodologia por trás do mesmo dará às pessoas a oportunidade de iniciar discussões sobre tópicos que são importantes para elas, para quebrar barreiras e conectar pessoas de toda a Europa, independentemente da sua idade, etnia, gênero e visão de mundo.

Projeto financiado por European Culture Foundation e Allianz Kulturstiftung

Quem está envolvido neste projeto? El Warcha Lisboa, Heads Together Production, InProcess, Kultur NeuDenken

Onde? Portugal, Reino Unido (Leeds e Norte de Inglaterra), Romenia, Serbia (Belgrade), e online.

A decorrer até? 2021 – 2022